Otimize suas operações com ordens programadas: ordens Stop Loss, Stop Gain, Stop Simultâneo, Stop Móvel e Start
aprenda-como-definir-ordens-programadas-no-home-broker

Otimize suas operações com ordens programadas: ordens Stop Loss, Stop Gain, Stop Simultâneo, Stop Móvel e Start

O mercado financeiro está em constante mudança, e há algumas oscilações que são impossíveis de prever. Mas existe uma forma de se proteger contra essas viradas de chave e falaremos disso neste artigo: Otimize suas operações com ordens programadas – Ordens Stop Loss, Stop Gain, Stop Simultâneo, Stop Móvel e Start. Boa leitura!

O que são Ordens Programadas


Stop Loss, Stop Gain, Stop Simultâneo, Stop Móvel e Start nada mais são que uma forma de programar e manter o máximo de controle possível dos seus ativos, para que eles sejam comprados ou vendidos no momento certo, de acordo com a estratégia que você definiu, e sem a necessidade de ter um acompanhamento constante.

O que é o Stop Loss

Stop Loss é um termo em inglês que, em tradução literal, significa “parar perda”. É uma programação que permite que você controle suas perdas em caso de queda abrupta no preço de um ativo.

Para evitar este tipo de situação, muitos investidores definem uma margem para desvalorização. Ou seja, definem uma tolerância para perda em um ativo específico e programam essa margem através do Stop Loss. Basicamente, quando o valor do ativo está em queda e atinge aquele ponto estipulado, será enviada, automaticamente, uma ordem de venda desse ativo.

Para que serve o Stop Loss?

Perder numa operação nunca é bom, mas pode acontecer. Agora, perder mais do que você estava disposto é muito pior. A utilização do Stop Loss é uma das principias regras de boas práticas dos investidores. E o motivo é muito simples: manter o controle e o equilíbrio da carteira.

Variáveis: Stop, Limite e Data Limite

O mercado não para, e isso significa que, em uma fração de segundo, o preço de um ativo pode mudar. Por isso, as operações de ordens programadas possuem uma outra variável, além do “stop”, que é o “limite”.

Em resumo, você deve pensar no Stop como se fosse um preço de “disparo” da ordem. A cotação do ativo atingindo esse valor, a ordem será enviada*. Mas o preço que você irá vender os seus ativos é o preço configurado como “limite”. Essa variável é o limite de até quanto você aceita para concretizar a venda do ativo.

Já a variável “data limite”, como o próprio nome sugere, é quanto tempo que você pretende manter a ordem ativa, e pode variar de acordo com a sua estratégia.

*Outro ponto que vale a atenção é que mesmo configurando o “Stop” e o “limite”, há a chance do ativo não ser vendido caso o salto no preço seja muito grande, ultrapassando de uma vez só o seu preço stop e o preço limite. Isso pode ocorrer na situação em que o ativo entra em leilão.

Como configurar o Stop Loss no Power Broker MyCAP

Ordens-Programadas-Stop-loss


Após acessar o Power Broker basta inserir o código do ativo que pretende vender no campo “Ativo” e definir a quantidade que será vendida no campo “QTDE.”.

Selecione a ordem “Stop”, e defina a data limite para que a ordem seja executada (podendo variar entre: dia, mês e uma data específica). Feito isso, defina o preço do “Stop” e o “Limite”. O valor “Total” será preenchido automaticamente.

Após esse processo, basta preencher a sua assinatura eletrônica e enviar a ordem.

Estratégia sugerida para Stop Loss

Para maior efetividade da sua operação, mantenha o valor do “limite” ABAIXO do “stop”:

Ex:
•Valor: R$ 10,00
•Limite: R$ 9,50

O que é Stop Gain

Assim como é possível estabelecer uma margem de perda, também existe o outro lado da moeda, a definição de uma meta de ganho em uma operação. Utilizando o Stop Gain você faz com que seu ativo seja vendido quando o preço desejado for alcançado. Dessa forma é possível também ter um controle de ganhos, e se proteger contra a reversão de tendências.

Para que serve o Stop Gain?

Pense que você possui ações de vários segmentos em carteira, e que fica complicado dar a devida atenção para cada uma delas, individualmente. Pense também que você tem uma meta clara de venda em uma dessas ações, e que os últimos dias revelaram uma tendência de alta. Dessa forma é possível configurar um stop gain e garantir a venda assim que o preço desejado for alcançado.

Na prática funciona de forma muito semelhante ao Stop Loss, a diferença é que aqui o valor da ação não precisa estar em queda.

Como configurar o Stop Gain no Power Broker MyCAP

Ordens-Programadas-Stop-Loss


Aqui o processo é exatamente o mesmo do Stop Loss, o que muda é o preço que você irá vender o ativo. A estratégia é voltada para garantir ganhos, portanto o preço de venda deve ser o que você definiu como meta para a sua operação. No mais, temos o mesmo processo: preencha o código do ativo no campo “Ativo”, a quantidade que pretende vender no campo “QTDE.”, selecione a ordem “stop” e a data limite da operação.

Nos campos “Stop” e “Limite”, basta preencher o preço alvo do ativo e o preço limite para execução da ordem.

Estratégia sugerida para Stop Gain

Para maior efetividade da operação, mantenha o valor do “limite” ABAIXO do “stop”. Aqui também é importante levar em consideração uma margem de segurança para que sua operação seja executada:

Ex:
•Valor: R$ 10,00
•Limite: R$ 9,50

O que é o Stop Simultâneo?


É possível configurar, ao mesmo tempo, e para um mesmo ativo, um Stop Loss e um Stop Gain. É o chamado Stop Simultâneo. Dessa forma você fica protegido de perdas maiores em caso de queda, e ao mesmo tempo pode aproveitar um movimento de alta no mercado.

Para que serve o Stop Simultâneo?

É, com certeza, uma das melhores maneiras para se proteger contra oscilações, não importa se a tendência é de baixa, ou de alta. Em suma, se o preço do seu ativo descer demais ele será vendido automaticamente, caso suba, atingindo o valor de venda desejado, ele também será vendido.

Para isso é necessário que você tenha uma estratégia muita clara frente a ambos os cenários.

Como configurar o Stop Simultâneo no Power Broker MyCAP

Ordens-Programadas-Stop-Simultaneo


O processo aqui também é muito simples, basta adotar, simultaneamente, as duas estratégias de “Stop Gain” e “Stop Loss”, preenchendo cada um dos valores no espaço definido pela ferramenta. Importante ressaltar que você deve selecionar a ordem “Stop Simultâneo”.

O que é o Stop Móvel?

O Stop Móvel é mais uma ferramenta importante para quem quer se proteger, buscando perder o mínimo possível na desvalorização, e não abrir mão da margem de lucro caso o ativo se valorize. Em termos mais simples, é uma segurança extra para o investidor.

Para que serve o Stop Móvel?

Você definiu a sua margem de perda, mas o melhor aconteceu: o preço do ativo começou a subir. E agora? Tomando esse cenário como base, e partindo do princípio que um Stop Móvel foi configurado previamente, sabe o que acontece quando o ativo valoriza? O seu Stop Móvel vai acompanhar a alta, e automaticamente deslocar o preço de venda para um patamar acima do que foi configurado inicialmente.

Como configurar o Stop Móvel no Power Broker MyCAP

Ordens-Programadas-Stop-Movel


Aqui vemos na prática quais são os campos necessários em uma ordem stop móvel. Basicamente ela segue o mesmo conceito das demais, apenas com a adição da variável “Ajuste Inicial”, que, no caso, deve ser preenchida pensando em porcentagens.

Estratégia sugerida para Stop Móvel

Na prática funciona da seguinte maneira: você comprou um ativo ao valor de R$ 10, e aceita ter uma perda de até 10% desse valor. Sendo assim, aceito vender por até R$ 9, e opto por utilizar um Stop Móvel na operação. A estruturação é muito semelhante às demais, a diferença aqui é que existe mais uma variável, o percentual, que é onde você vai definir o ajuste de preço (ajuste inicial).

Então vamos lá, para exemplificar precisamos analisar dois cenários:

Mercado em queda: o ativo foi comprado a R$ 10, e toleramos uma perda de até 10% (ajuste inicial). Então, o preço disparo (STOP) é de R$ 9. Assim como nas demais situações, também é necessário configurar Limite, que foi definido em R$ 8,50.

Então temos:
⦁ Valor: R$ 9
⦁ Limite: R$ 8,50
⦁ Variação: 10%

Se o seu ativo começar a desvalorizar, e o preço chegar a R$ 9, a ordem será enviada normalmente, como se fosse configurado um Stop Loss (claro que sempre respeitando o limite estipulado).

Mas o Stop Móvel faz toda diferença quando o cenário muda de figura…

Mercado em alta: A sua operação deu super certo e o preço do ativo está subindo. Toda vez que o preço do ativo bater a porcentagem utilizada inicialmente em termos de ganho, as outras variáveis também serão reajustadas.

Tomando como base o preço de compra da ação em R$ 10. A cada vez que o ativo subir, haverá uma correção nos preços de disparo e limite de acordo com o percentual de ajuste definido.

Se houver um aumento de 10% no valor da ação (saiu de R$ 10,00 para R$ 11,00), com isso, o valor de disparo será reajustado em 10% (saiu de R$9,00 para R$9,90). A variável Limite também será reajustada no mesmo percentual, saindo de R$8,50 para R$9,35.

Vamos supor que o movimento de alta continue e a ação suba outros 10% (saindo de R$11,00 para R$12,10). O Valor de disparo sofre novo reajuste de 10% (indo de R$ 9,90 para R$ 10,89). A variável Limite também será reajustada no mesmo percentual (saindo de R$9,35 para R$10,28).

Observe que, com a alta, todos os valores foram redefinidos de acordo com a variação configurada em 10%. Dessa forma é possível aproveitar o mercado em alta, vendendo o ativo com lucro na operação. Importante frisar que o seu ativo não será vendido enquanto o preço estiver subindo, mas se houver uma queda/correção que atinja o preço de venda (“limite”), mesmo que ele tenha sido alterado automaticamente, a ordem de venda será emitida.

O que é Ordem Start?

Lembra que falamos que também existe uma estratégia de emissão de ordens automáticas para compra de um ativo? O nome dessa operação é “Ordem Start”. Com ela é possível definir o preço alvo de compra e aproveitar um movimento de alta para uma operação Day Trade, por exemplo.

Para que serve a Ordem Start?

Pense assim, você estudou o ativo e, através da análise, definiu que ele tem tudo para valorizar e ter um crescimento. Acreditando nesse movimento, você estrutura uma ordem Start de Compra. Quando aquele valor é atingido, os ativos serão comprados e você pode aproveitar esse movimento de alta no mercado.

Como configurar a Ordem Start no Power Broker MyCAP

Ordens-Porgramadas-Ordem-Start


Percebeu que o quadrinho mudou de cor de verde para amarelo? A explicação é simples: aqui estamos emitindo uma ordem de compra. No mais, o funcionamento é o mesmo das demais ordens, a diferença é que agora você está comprando um ativo.

Estratégia sugerida para Ordem Start

Nesse caso específico uma boa estratégia é utilizar o limite acima do preço de disparo, pois o aumento do preço do ativo pode significar uma tendência de mercado, então é importante estruturar uma margem para que a sua operação seja concluída.

Ex:
⦁ Valor: R$ 10,00
⦁ Limite: R$ 10,50

Gostou do artigo “Otimize suas operações com ordens programadas – Ordens Stop Loss, Stop Gain, Stop Simultâneo, Stop Móvel e Start”? Não deixe de conferir nossos outros conteúdos. No BLOG MyCAP você encontra diversas informações relevantes sobre o mercado financeiro e o mundo dos investimentos.

Compartilhar:FacebookTwitter

Deixe uma resposta

Invalid OAuth access token.
%d blogueiros gostam disto: