15 maiores Bolsas de Valores do mundo

15 maiores Bolsas de Valores do mundo

Os investidores brasileiros podem aplicar em ativos distribuídos pelas maiores Bolsas de Valores do mundo e com isso potencializar os seus rendimentos.

O mercado financeiro das regiões norte-americanas, europeias e asiáticas destacam-se na oferta de ativos, incluindo os principais índices mundiais.

Quer saber como investir internacionalmente? Siga com a gente por esse conteúdo e confira as principais informações sobre as maiores Bolsas de Valores do mundo:

Como surgiram as Bolsas de Valores?

O que são os Índices Financeiros?

Principais mercados financeiros do mundo e suas Bolsas

Qual é a maior Bolsa de Valores do mundo?

Como investir nos ativos das Bolsas internacionais?

O que você precisa lembrar sobre as principais Bolsas do mundo?

Continue com a gente e boa leitura!

Como surgiram as Bolsas de Valores?

A origem das Bolsas de Valores relaciona-se à antiga troca de moedas e outras negociações. As primeiras histórias remontam a experiência do nobre Van der Brurse na Bélgica do século XV

Mas, o surgimento desse tipo de mercado também está relacionado ao período das grandes navegações, no início dos anos de 1600. 

Na época, a Holanda não tinha recursos suficientes para competir com outras nações na disputa por novas terras. Então, o governo do país propôs aos cidadãos um financiamento coletivo.

Assim, os holandeses investiriam parte do seu ouro excedente nas expedições e, em troca, receberiam uma parcela dos lucros obtidos com elas. Caso houvesse prejuízo, ele seria repartido entre os investidores.

O nome “Bolsa de Valores” faz referência às bolsinhas com ouro que os cidadãos levavam para aplicar no governo holandês. 

E como as Bolsas funcionam?

As Bolsas de Valores são ambientes de negociação ao qual empresas e pessoas compram e vendem ativos.

Nela, as organizações emitem os seus papéis (que podem representar, por exemplo, parte do capital social de companhias) e as pessoas interessadas se dirigem a ela para fazer as suas transações.

Dessa forma, na Bolsa de Valores operam emissores, investidores, além das corretoras de valores que fazem a intermediação entre estes participantes.

Atualmente, os principais ativos negociados na Bolsa de Valores são Renda Variável, com Ações, ETFs, BDRs, cotas de Fundos Imobiliários e outros. 

No Brasil, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a BSM, empresa fiscalizadora, são responsáveis pela regulação e fiscalização do mercado de ações na B3, a Bolsa de Valores brasileira.

O que são os Índices das Bolsas de Valores?

Os índices são indicadores que mensuram a movimentação dos ativos mais importantes nas Bolsas de Valores. 

No Brasil, o principal índice é o Ibovespa, criado em 1968. Ele é composto por ações de empresas como Vale, Tim, Petrobrás, Itaú, entre outras.

Principais mercados financeiros do mundo e suas Bolsas

Agora que você já sabe a história e o funcionamento das Bolsas de Valores, que tal conhecer as principais delas ao redor do mundo? Continue e confira:

Ásia

O maior dos continentes, tanto em extensão territorial, quanto em população, também abriga alguns dos maiores mercados do mundo. Veja, abaixo, as principais Bolsas Asiáticas:

China

O gigante da Ásia centraliza importantes Bolsas. Segundo a World Federation of Exchanges (WFE), a região localiza o maior volume de negociação do planeta nas Bolsas de Shanghai Stock Exchange (SSE); Shenzhen Stock Exchange (SZSE); e Hong Kong Exchanges and Clearing (SEHK).

Entre os índices chineses, podemos destacar: 

  • CSI 1000;
  • Shanghai;
  • SZSE Component;
  • China A50;
  • S&P/CITIC300.

Japão

A Tokyo Stock Exchange Group e Osaka Securities Exchange reuniram-se, em 2013, para formar o Japan Exchange Group, Inc. (JPX), a Bolsa de Valores do Japão.

Com quase 150 anos, o mercado japonês de investimentos é o 5º maior do mundo em capitalização do mercado doméstico, segundo apontamento da WFE.

Seus principais índices são: 

  • Nikkei 225;
  • TOPIX; e 
  • J30.

Índia

A National Stock Exchange of India (NSE), Bombay Stock Exchange (BSE) e National Stock Exchange of India (NSE) são Bolsas de Valores indianas.

O mercado da Índia é composto por atividades centenárias e, outras, mais modernas, diversificando as opções do investidor.

Estão entre os seus índices:

  • BSE Sensex;
  • Nifty 50;
  • Nifty Midcap 150;
  • India VIX;
  • Nifty 100. 

Estados Unidos

As duas bolsas estadunidenses concentram cerca de 50 trilhões de dólares de capitalização de mercado. A New York Stock Exchange (NYSE) e a NASDAQ reúnem grande volume de investimentos. 

Assim, os investidores brasileiros que desejam aplicar fora do país, encontram nas Bolsas de Valores americanas uma enorme diversidade de ativos, o que inclui as ações das principais empresas de tecnologia do mundo.

Os principais índices dos EUA são: 

  • Dow Jones; 
  • Nasdaq 100; 
  • Nasdaq; 
  • S&P 500; e 
  • DJ Composite.

União Europeia

Além da Ásia, a União Europeia mantém algumas das Bolsas de Valores mais tradicionais do mundo. Euronext e London Stock Exchange (LSE) capitalizam vários trilhões de dólares em território europeu.

Destacam-se como principais índices das Bolsas Europeias:

  • SMI;
  • OMXS30;
  • FTSE 100;
  • FTSE Italia All Share;
  • CAC 40;
  • IBEX 35;
  • OMXC20;
  • DAX.

América Latina

O continente sul-americano é responsável por grandes movimentações do mercado de investimentos na América Latina.

A Bolsa Brasileira (B3), a de Santiago (SSE), a da Colômbia (BVC) e de Lima (BVL) destacam-se neste continente.

Confira alguns importantes índices da América do Sul:

  • Ibovespa;
  • IBrX 100;
  • S&P Merval;
  • S&P Lima General;
  • S&P CLX IPSA.

Qual é a maior Bolsa de Valores do mundo?

A norte-americana NYSE é a maior Bolsa de Valores do mundo. Localizada em Wall Street, sua capitalização fica em torno de 26 trilhões de dólares, de acordo com WFE. 

Além do volume considerável de ativos, ela centraliza papéis de algumas das maiores empresas do mercado de capitais, como JP Morgan, Visa, Johnson & Johnson, Walmart e Coca-Cola.

Como investir nos ativos das Bolsas mundiais?

Para investir em Bolsas de Valores fora do Brasil, você precisa encontrar uma corretora habilitada a este tipo de aplicação. Em seguida, opte por um destes ativos:

ETFs

Os Exchanges Traded Funds (ETF) permitem que o investidor aplique nos ativos que compõem um determinado índice de referência. Na prática, ao comprá-los você estará investindo em fundos que replicam a carteira teórica desses índices. 

Como visto ao longo deste conteúdo, os índices são apenas referências sobre os níveis de negociação, por isso só é possível investir neles através dos ETFs. 

BDRs

Os Brazilian Depositary Receipts (BDRs) são papéis emitidos no Brasil lastreados em ativos emitidos no exterior. Assim, mesmo que sejam negociados na B3, eles têm como correlação às ações estrangeiras.

Abrir conta em corretora internacional 

Outra opção para quem deseja fazer aplicações fora do país consiste em contratar os serviços de corretoras internacionais. 

Vale destacar que cada país tem as suas próprias regras relacionadas à abertura de contas de investimentos por estrangeiros.

Nos Estados Unidos, por exemplo, além de fornecer dados pessoais, o investidor precisa preencher o formulário W-8 BEN, um certificado necessário para a retenção e declaração de imposto de renda nos EUA.

Por isso, é preciso observar cuidadosamente como utilizar os serviços de intermediadoras de fora do Brasil.

O que você precisa lembrar sobre as principais Bolsas do mundo?

As Bolsas de Valores, há séculos, são ambientes usados para negociar ativos. As principais estão em países americanos, europeus e asiáticos.

O mercado brasileiro é contemplado pela B3, que viabiliza a negociação de ações nacionais, mas também oferece ativos como ETFs e BDRs para investir em papéis fora do Brasil, sem ter que abrir uma conta em corretora internacional. 

Caso você queira ampliar suas aplicações financeiras internacionais em Bolsas de Valores, fique atento às diferenças de fuso horário e dê preferências de negociação por mercados regulados.

Se você gostou deste material e quer saber mais sobre as Bolsas Mundiais, acompanhe o blog da MyCAPSiga com a gente e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre o mercado de investimentos de Renda Fixa e Renda Variável.

Aqui na MyCAP, você investe o seu dinheiro com facilidade e segurança

Você conhece a MyCAP? Abra a sua conta e conte com Taxa de Corretagem zero.

Talvez você também queira saber sobre:

Como investir na Bolsa de Valores?

O que é o mercado de opções?

Compartilhar:FacebookTwitter

Deixe uma resposta

MyCAP Power Broker APP

É a ferramenta ideal para quem quer acompanhar o mercado em tempo real de qualquer lugar.

MyCAP Power Broker APP
%d blogueiros gostam disto: