Novo ciclo de aperto monetário: até onde vai o aumento da taxa Selic?
novo_ciclo_de_aperto_monetario_ate_onde_vai_o_aumento_da_selic

Novo ciclo de aperto monetário: até onde vai o aumento da taxa Selic?

Atualmente, a inflação e a taxa de juros são assuntos que não dão fôlego para a população. A grande maioria dos países adota uma taxa básica de juros, como instrumento principal de controle da inflação, porém, a mudança de taxas em alguns países afetam outras economias de formas diferentes.

Inicialmente, com a pandemia do Covid-19 e o severo isolamento social em grande parte do globo, já era possível criar uma expectativa de alta inflacionária e juros altos no médio prazo. Porém, não se imaginava outros conflitos e a cadeia de dificuldades trazidas por eles, podendo ressaltar a guerra entre a Ucrânia e a Rússia, com a crise energética, e a nova onda de Covid-19 na China, com a política do Covid zero, na qual aprofundou ainda mais a quebra da cadeia de suprimentos.

As sanções internacionais aplicadas ao comércio com a Rússia trouxeram grandes dificuldades para os países, isso porque o país era o terceiro maior exportador de petróleo do mundo e responsável por 40% de todo gás natural usado na Europa. À primeira vista, percebe-se que uma menor oferta dos bens energéticos, com uma demanda crescente, visto o reaquecimento das economias pós isolamento vivido no ano de 2020, levou a uma alta dos preços inimagináveis por grande parte da população.

Em relação ao conflito, pode- se citar ainda outra consequência econômica, como a demanda pelos fertilizantes russos para a agricultura, impactando mais um pilar base da atividade econômica, como a brasileira. Dessa forma, houve um choque no que se refere a interdependência das economias e globalização, iniciando-se os esforços de cada país por se tornar mais auto suficiente e regionalizar a produção de bens primários, o que na visão do Banco Central brasileiro, demonstra grande chance de alongar as pressões inflacionárias e ter consequências no longo prazo, com o prolongamento do aperto monetário.

A partir desse cenário, o Banco Central norte americano elevou a taxa básica de juros, demonstrando uma postura mais rígida frente às preocupações do país em relação a alta inflacionária.  A elevação de 0,5 p.p na taxa norte-americana, levou a um aumento da Taxa Selic no Brasil em 1 p.p, chegando a 12,75% ao ano (taxa esperada para o fechamento do ano de 2022), exemplificado pelo comentário do COPOM “A reprecificação da política monetária nos países avançados têm impactado as condições financeiras dos países emergentes”, significando também o aumento na precificação da curva de juros, principalmente em países emergentes e subdesenvolvidos, o que demonstra uma visão ampliada no horizonte das políticas contracionistas.  

Compartilhar:FacebookTwitter

Deixe uma resposta

MyCAP Power Broker APP

É a ferramenta ideal para quem quer acompanhar o mercado em tempo real de qualquer lugar.

MyCAP Power Broker APP
%d blogueiros gostam disto: