Otimize suas operações na Bolsa com ordens programadas
aprenda-como-definir-ordens-programadas-no-home-broker

Otimize suas operações na Bolsa com ordens programadas

O mercado financeiro está em constante mudança e as oscilações são quase impossíveis de prever. Mas existem estratégias de gerenciamento de risco que elevam a segurança das suas operações em renda variável, principalmente quando falamos em day trade.

Neste artigo você terá acesso aos principais tipos de ordens programadas para que a negociação dos ativos ocorra com o melhor preço possível e evite o acúmulo de prejuízos em momentos de instabilidade do mercado.

A tecnologia da MyCap, o Power Broker, permite a execução de ordens em curtíssimo prazo, o que amplia as chances de lucros.

Siga a leitura e confira!

O que são ordens programadas?
Quais são os principais tipos de ordem?

O que é Stop Loss?
O que é Stop Gain?
O que é Stop Simultâneo?
O que é Stop Móvel?
O que é Ordem Start?
O que você precisa lembrar sobre ordens programadas

O que são Ordens Programadas

As ordens programadas são instrumentos que os operadores do mercado financeiro podem se valer para comprar e vender ativos no momento mais vantajoso. 

A partir de uma estratégia de investimento, as ordens programadas são instaladas em plataformas que permitem entradas e saídas automáticas do trade. 

A tecnologia libera o trader de um monitoramento constante dos preços dos ativos, permitindo que posições lucrativas se mantenham e um gerenciamento de risco mais efetivo.

Ordens Programadas x Ordens a Mercado

Enquanto as ordens programadas introduzem limites, principalmente no que se refere aos valores de compra e venda de ativos, as ordens a mercado seguem o valor praticado pelo mercado


Logo, em ordem a mercado, o investidor não define parâmetros para a mesma ser acionada. Ela sempre será executada dentro do preço adotado naquele momento. Sendo esta a principal diferença entre os dois tipos de ordens.

Por que usar ordens programadas?

As ordens a mercado, apesar de serem de simples configuração, geram mais risco para o investidor, por não considerarem o fator volatilidade. 

O mercado é dinâmico e em pouco tempo os valores dos ativos podem mudar. Muitas vezes, o preço pode estar condizente com seus propósitos no momento do envio da ordem. No entanto, ela pode ser executada por um valor bem diferente do desejado. 


Em contraposição, às ordens programadas trazem mais previsibilidade ao trader, evitando posições extremamente arriscadas que podem levá-los a suscetíveis prejuízos.

Quais são os principais tipos de ordem?

  1. Stop Loss; 
  2. Stop Gain; 
  3. Stop Simultaneo; 
  4. Stop Móvel;
  5. Start.

Os diferentes tipos de ordens programadas apresentam parâmetros para serem estruturados pelos investidores em diferentes momentos.

O que é Stop Loss

O Stop Loss é um termo em inglês que, em tradução literal, significa “parar a perda”. É uma programação que permite que você limite os prejuízos em caso de uma queda abrupta no preço de um ativo.

Muitos investidores definem uma margem para desvalorização, evitando este tipo de situação. Ou seja, definem uma tolerância para a perda em um ativo específico.

Basicamente, quando o valor do ativo está em queda e atinge o limite estabelecido, uma ordem de venda do papel é enviada automaticamente.

Para que serve o Stop Loss?

Perder numa operação nunca é bom, mas pode acontecer. Agora, perder mais do que você estava disposto é muito pior. 


A utilização do Stop Loss é uma das boas práticas dos investidores. E o motivo é muito simples: manter o controle e o equilíbrio da carteira.

Variáveis: Stop, Limite e Data Limite

O mercado não para e o preço de um ativo pode mudar em uma fração de segundo. Por isso, além do Stop, as operações de ordens programadas possuem o “limite”.  Essa variável representa o preço que você aceita vender os seus ativos.

Na prática, o Stop funciona como um “preço de disparo” da ordem. Contudo, o preço de venda é configurado como “limite”. Quando a cotação do ativo atinge esse valor, a ordem é enviada. 

Mas atenção: é possível que o ativo possa não ser vendido, mesmo configurando o “Stop” e o “limite”. Isso acontece quando o salto no preço é muito grande e ultrapassa de uma vez só os preços de stop e limite. Por exemplo, quando o ativo entra em leilão.


Já a “data limite” equivale ao tempo que você pretende manter a ordem ativa e varia de acordo com a estratégia de cada investidor.

Como configurar o Stop Loss no Power Broker MyCAP

Ordens-Programadas-Stop-loss

Após acessá-lo, insira em “Ativo” o ticker que pretende vender, caso haja uma depreciação no preço, e defina a quantidade no campo “QTDE.”.

Selecione a ordem “Stop” e defina a data limite para que a ordem seja executada. Lembre-se que ela pode variar entre dia, mês ou mesmo uma data específica. 

Feito isso, defina o preço do “Stop” e o “Limite”. O valor “Total” é preenchido automaticamente. Após esse processo, preencha a sua assinatura eletrônica e envie a ordem.

Você também pode utilizar seu smartphone para configurar ordens programadas através do MyCAP Power Broker APP, uma ferramenta intuitiva e totalmente sincronizada com o Home Broker da MyCAP. Além de conseguir programar suas operações na bolsa de valores, você ainda pode acompanhar seus investimentos em tempo real.

Estratégia sugerida para Stop Loss

Para a maior efetividade da sua operação, mantenha o valor do “limite” abaixo do “stop”. Confira o exemplo abaixo:

  • Valor do stop: R$10,00
  • Limite: R$9,50

O que é Stop Gain

Assim como é possível estabelecer uma margem de perda, também existe a definição de uma meta de ganho em uma operação. 


O Stop Gain faz com que o ativo seja vendido quando o preço desejado for alcançado. Dessa forma é possível ter um controle de ganhos e se proteger contra a reversão de tendências.

Para que serve o Stop Gain?

Uma ordem de Stop Gain serve para garantir a liquidação dos ativos assim que o preço desejado for alcançado.

Para facilitar, imagine que você tenha uma carteira de ativos de vários segmentos, com necessidade de acompanhamento constante. Em movimentos de alta do mercado, o Stop Gain contribui para que a venda de ações ocorra no momento certo, baseada no preço preestabelecido, sem você precisar dar um comando individual. 


A estratégia Stop Gain amplia seus benefícios quando há uma meta de venda bem definida.

O que é Stop Simultâneo?

O Stop Simultâneo é quando um Stop Loss e um Stop Gain são configurados simultaneamente e para um mesmo ativo. Dessa forma, você fica protegido de perdas maiores, ao mesmo tempo, que pode aproveitar uma tendência de alta no mercado.

Para que serve o Stop Simultâneo?

Esse tipo de ordem é uma das melhores maneiras para se proteger contra as oscilações. Em suma, se o preço do ativo desvalorizar demais, ele será vendido automaticamente. O mesmo acontece, caso suba e atinja o valor de venda desejado.

Por este motivo, você deve ter estratégias de negociação muito bem definidas, independentemente dos movimentos de alta ou de baixa.

Como configurar o Stop Simultâneo no Power Broker MyCAP

Ordens-Programadas-Stop-Simultaneo

O processo aqui também é muito simples. Você só precisa adotar as estratégias de “Stop Gain” e “Stop Loss” simultaneamente. Preencha os valores e quantidades no espaço definido pela ferramenta e selecione a ordem “Stop Simultâneo”.

O que é Stop Móvel?

O Stop Móvel é uma segurança extra para o investidor que busca se proteger de um cenário de queda no mercado de ações, sem abrir mão do lucro caso os seus ativos se valorizem.

Para que serve o Stop Móvel?

O uso do Stop Móvel possibilita que você acompanhe os movimentos do mercado. Na alta, ele desloca automaticamente o preço de venda para um patamar acima do que foi configurado inicialmente. O mesmo acontece em um cenário de baixa.

Como configurar o Stop Móvel no Power Broker MyCAP

Ordens-Programadas-Stop-Movel

Para configurar uma ordem de stop móvel é necessário acrescentar a variável “Ajuste Inicial”, que deve ser preenchida em porcentagens.

Estratégia sugerida para Stop Móvel

O Stop Móvel pode ser utilizado em diferentes cenários. Para exemplificar, imagine que você comprou um ativo ao valor de R$10,00 e aceita ter uma perda de até 10% (ajuste inicial). Neste caso, ele poderá ser vendido por até R$9,00 (stop). O limite foi definido em R$8,50.

Em um mercado em queda: se o seu ativo chegar a R$9,00, a ordem será enviada normalmente, como se fosse configurado um Stop Loss.

Mercado em alta: toda vez que o preço do ativo atingir a porcentagem programada inicialmente, em termos de ganho, as variáveis serão reajustadas. Sendo assim, cada vez que o ativo valorizar, os preços de disparo e limite serão corrigidos conforme o percentual definido. 

Em outras palavras, se houver um aumento de 10% no valor da ação (saiu de R$10,00 para R$11,00), o valor de disparo será reajustado em 10% (sairá de R$9,00 para R$9,90). O mesmo vale para o limite (sairá de R$8,50 para R$9,35).

Caso o movimento de alta continue, as variáveis terão novos reajustes sempre baseados no percentual configurado. Dessa forma é possível aproveitar o mercado em alta, vendendo o ativo com lucro na operação. 


Vale destacar que o ativo não será vendido enquanto o preço estiver subindo. Caso o mercado apresente uma reversão de tendência e comece a cair, a ordem de venda será emitida quando o preço de venda (“limite”) for atingido.

O que é Ordem Start?

Ordem Start é uma estratégia de emissão de ordens automáticas para a compra de um ativo. Com ela é possível definir o preço alvo de compra e aproveitar um movimento de alta em operações como o day trade.

Para que serve a Ordem Start?

Uma ordem Start serve para que você programe a sua entrada no mercado com base em um preço de disparo, limitando o valor máximo que disponibilizará para a compra da ação, ou seja, o preço limite.

Como configurar a Ordem Start no Power Broker MyCAP

Ordens-Porgramadas-Ordem-Start

Percebeu que o quadrinho mudou de cor de verde para amarelo? A explicação é simples: você está emitindo uma ordem de compra. No mais, o funcionamento é o mesmo das demais ordens.

Estratégia sugerida para Ordem Start

Uma estratégia para a Ordem Start é utilizar o limite acima do preço de disparo, pois o aumento do preço do ativo pode significar uma tendência de mercado. Sendo assim, é importante estruturar uma margem para que a sua operação seja concluída.

⦁ Valor de compra (start): R$ 10,00 
⦁ Limite: R$ 10,50

O que você precisa lembrar sobre ordens programadas

Em operações de compra e venda de ativos financeiros no curto prazo, o trader deve ter uma estratégia de investimentos em busca do alcance de suas metas, seja nos ganhos ou no estabelecimento de margens de prejuízos.

Para isso, é preciso gerenciar os riscos próprios das operações. Ativar os diferentes tipos de ordens programadas nas plataformas de investimento é uma estratégia simples que pode ser o diferencial de uma trajetória bem-sucedida como trader.

Aqui na MyCap, você conta com o Power Broker que lhe permite automatizar ordens como o Stop Loss, Stop Gain, Stop Simultâneo, Stop Móvel e Ordem Start. Táticas fáceis diante das chances de uma operação vencedora no investimento de renda variável.


Você conhece a  MyCAP? Conte com a isenção de corretagem, abra sua conta e comece a utilizar as ordens programadas.

Compartilhar:FacebookTwitter

Deixe uma resposta

1 comentário

MyCAP Power Broker APP

É a ferramenta ideal para quem quer acompanhar o mercado em tempo real de qualquer lugar.

MyCAP Power Broker APP
%d blogueiros gostam disto: